Arquivo da tag: família

Uníssono

Um jovem.
Um bom casamento.
Um trabalho digno.
Um razoável orçamento.
Uma decisão.
Uma fé.
Um dedicado coração.
Um domingo qualquer.
Uma decepção.
Uma palavra dura.
Uma nova desilusão.
Uma enraizada amargura.
Um choro sem lágrimas.
Um ano de silêncio.
Um telefonema.
Um convite.
Uma mesa de bar.
Uma cervejinha.
Uma roda de amigos.
Uma caixa inteirinha.
Uma carona pra casa.
Um bate-boca danado.
Um filme repetido à exaustão.
Uma saudade que não passa.
Uma vida em desconstrução.
Um retorno que fracassa.
Um homem comum agora, mais um.


Autor: Luciano Motta

Notas

Minha filha Luana começou a tocar teclado. Chegou para mim na terça e disse que queria aprender. Tomou lugar diante do instrumento e executou as primeiras notas (e até acordes!) depois de duas aulas.

Um fato me marcou logo de saída: Luana foi às lágrimas depois de insistir em um exercício e não conseguir executá-lo. Ela queria porque queria fazer o exercício com perfeição. Seus dedinhos não atacavam as teclas direito pela miudeza de seus seis anos. Chorou porque teve de parar e ir dormir.

Quase que imediatamente, perguntei a mim mesmo: Quando foi a última vez que chorei por não conseguir executar o que meu Pai me ensinou?

família vende tudo

família vende tudo
um avô com muito uso
um limoeiro
um cachorro cego de um olho
família vende tudo
por bem pouco dinheiro
um sofá de três lugares
três molduras circulares
família vende tudo
um pai engravatado
depois desempregado
e uma mãe cada vez mais gorda
do seu lado
família vende tudo
um número de telefone
tantas vezes cortado
um carrinho de supermercado
família vende tudo
uma empregada batista
uma prima surrealista
uma ascendência italiana & golpista
família vende tudo
trinta carcaças de peru (do natal)
e a fitinha que amarraram no pé do júnior
no hospital
família vende tudo
as crianças se formaram
o pai faliu
deve grana para o banco do brasil
vai ser uma grande desova
a casa era do avô
mas o avô tá com o pé na cova
família vende tudo
então já viu
no fim dá quinhentos contos
pra cada um
o júnior vai reformar a piscina
o pai vai abrir um negócio escuso
e pagar a vila alpina
pro seu pai com muito uso
família vende tudo
preços abaixo do mercado


Autora: Angélica Freitas

Livro: FREITAS, Angélica. Rilke shake. São Paulo: Cosac Naify; Rio de Janeiro: 7Letras, 2007, p.17-18.