falando de saudade…

Saudade

não diga que isso é saudade
essa mensagem de texto
essas palavras bem combinadas no chat
esses pixels amestrados na tela
sentimentos em cena
isso não é saudade

não, não diga que está morrendo
de saudade
sem nunca querer velar o corpo
da ausência

saudade, saudade mesmo
trapaceia o relógio
quebra o porquinho
e percorre quaisquer distâncias

fale de saudade
mas evita intermediários

pelo teclado
não se efetua o abraço
nem se é aquecido pela presença daquele
por quem o coração tanto dói

pela tela
não se respira o ar
nem se fitam os olhos…
onde andam seus olhos?

saudade é saúde
é sinal de que se está vivo
ainda que morrendo aos poucos
até se respirar o encontro

Autor: Luciano Motta

* Este poema foi selecionado e publicado na Antologia de textos em homenagem aos 100 anos de Vinicius de Moraes – Prêmio UFF de Literatura 2013. Niterói: Editora da UFF, 2013, p.42-43.

Anúncios

5 comentários sobre “falando de saudade…

  1. Muito lindo! Muito mesmo!
    Estou refletindo sobre isso. Como nos acostumamos a relacionamentos tão superficiais e tiramos o sentido real de palavras como saudade, amor, amizade e outras.
    Ótima Reflexão!

  2. Muito lindo! Ótimo para refletirmos sobre a maneira que estamos nos relacionando atualmente…parabéns Luciano!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s